Mãe desenha estrias em boneca Barbie para ensinar filha sobre corpo real

“Fui pesquisar e descobri que 96% das mulheres as têm. Mas não há nenhuma boneca representando como isso é normal”, defendeu a mãe

Os padrões de beleza impostos pela sociedade pode afetar uma pessoa desde a infância. E nem sempre eles são sinônimo de saúde. Por isso, uma mãe criou uma maneira lúdica de ensinar à filha sobre o corpo real, com todas as suas linhas e marcas desenhadas pela vida. Kate Claxton pintou estrias pós-gravidez na boneca Barbie da menina para mostrar que elas são “perfeitamente normais”.

Kate, que mora na Inglaterra, conta que sofreu de ansiedade pós-parto e um dos motivos eram as marcas deixadas em sua pele. Mas, agora, três anos depois, a autora infantil de 35 anos tomou medidas para normalizar ao máximo as imperfeições e marcas no corpo das mulheres.

Leia mais: Sancionada Lei que cria Mês da Primeira Infância, para conscientização sobre a atenção integral

A inglesa usou esmalte para pintar as linhas finas e irregulares na barriga e nos quadris da boneca. Kate é autora de livros infantis e relata que, quando a filha começou a gostar da boneca Barbie, quase se recusou a comprar. “Era tipicamente Barbie — proporções perfeitas, pernas longas, cabelo loiro. Desde então, trouxemos outras versões com vitiligo, pernas protéticas e figuras mais cheias. Então, para seu crédito, eles fazem bonecas mais inclusivas , mas não consegui encontrar nenhuma com estrias em lugar nenhum”, comentou.

Mãe desenha estrias em boneca Barbie para ensinar filha sobre corpo real
Crédito: Reprodução/Instagram: reallyratherwild

Agora Kate quer que os fabricantes que lancem uma Barbie com estrias para normalizar as marcas, que também ocorrem na puberdade. Ela é autora do livro infantil My Mum’s A Tiger (Minha mãe é um tigre – em tradução livre) sobre uma menina cuja mãe tem as marcas. “Escrevi um livro infantil sobre estrias e, quando fui pesquisar, descobri que 96% das mulheres as têm. Mas não há nenhuma boneca representando como isso é normal, então pensei em fazer uma eu mesma. Quando você procura por estrias [online], aparecem opções de cremes e tratamentos para se livrar delas e encontrei poucas evidências de pessoas que as assume”, apontou, em entrevista ao tabloide britânico Mirror.

“E é isso que eu acho que as mães precisam fazer — aceitar que são perfeitamente normais e deixar seus filhos saberem o mesmo. As mulheres são mais propensas a acabar com estrias do que com um cabelo loiro, então acho que é hora de a Barbie embarcar e fazer uma boneca para representar isso. As crianças devem saber que as estrias são naturais. Eu não queria passar meus problemas com o corpo para minha filha”, continuou.

“Eu adoraria que os fabricantes fizessem algumas Barbies com estrias para espalhar a mensagem de que não há nada com que se preocupar. Só acredito que é realmente importante expor nossas crianças ao máximo de diversidade possível”, afirmou. Kate mora com o marido Tony, 36, e conta que, na adolescência, sofria com a própria imagem corporal. Apesar de odiar suas marcas pós-gravidez no início, ela agora as aceita e ama.

“Minha filha não mencionou nada sobre as estrias. Então, espero que já sejam algo completamente normal e ela não se preocupe com elas quando ficar mais velha. É isso que eu queria alcançar. Ela sabe que mamãe tem estrias, e elas não são grande coisa”, finalizou a autora.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Kate mostrou o processo de como as estrias foram pintadas. Confira:

 

Recentes

Agosto Dourado: postos de saúde terão salas de apoio à amamentação

O objetivo da campanha é que as mulheres continuem...

Agosto Dourado: amamentação previne doenças e ajuda no desenvolvimento infantil

Cerca de seis milhões de vidas são salvas por...

Número de mulheres que recorrem a FIV aumenta 44% após pandemia, diz relatório

Dentre as que buscam pelo procedimento estão as que...

Mulher foge de conflito armado e dá à luz horas depois de cruzar fronteira

Após uma jornada de dois dias de ônibus, a...

Newsletter

Veja também...

PMDF oferece equoterapia gratuitamente; Saiba como se inscrever

Vagas são distribuídas entre alunos de escolas públicas, dependentes...

Um pedido emocionado de desculpas: “Helena, perdoe o papai”

Em casa, temos uma regra: se a Helena (7...

Canção ‘Baby Shark’ arrecada mais de R$ 110 milhões no YouTube

A canção infantil é a mais assistida na história...

Senado aprova o Dia Nacional de Prevenção ao Afogamento Infantil

O objetivo é destacar a importância de prevenir o...

Parece a história de uma mãe, mas é a minha história

Casei-me com uma ex-aluna de faculdade. A mais brilhante...

Agosto Dourado: postos de saúde terão salas de apoio à amamentação

O objetivo da campanha é que as mulheres continuem a amamentação exclusiva mesmo após a voltar ao trabalho As Unidades básicas de Saúde (UBS), a...

Agosto Dourado: amamentação previne doenças e ajuda no desenvolvimento infantil

Cerca de seis milhões de vidas são salvas por causa da amamentação exclusiva nos seis primeiros meses de vida   Nesta terça-feira (1/8), Dia Mundial da...

Número de mulheres que recorrem a FIV aumenta 44% após pandemia, diz relatório

Dentre as que buscam pelo procedimento estão as que desejam ser mães solo e mulheres homossexuais O órgão regulador de procedimentos de fertilização humana do...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui