Menino autista economiza com lanche para presentear a mãe aniversariante

Para pessoas dentro do espectro autista, demonstrar sentimentos pode ser um grande desafio

Como fazer uma mãe chorar em 3,2 1… Essa é uma arte que o Roberto Naziozeno Filho, de 15 anos, domina bem. O menino surpreendeu a genitora, Ana Luiza Naziozeno, com um presente de aniversário surpresa, na tarde desta sexta-feira (23/6). O relato emocionado da mãe logo viralizou nas redes sociais.

Diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista (TEA), Robertinho, como é chamado pela família e amigos, faz terapias todos os dias à tarde. Para saciar a fome entre uma intervenção e outra, os pais dão a ele dinheiro suficiente para pagar um lanche. No entanto, semanas antes do aniversário da mãe, ele decidiu economizar na refeição para surpreendê-la.

Ana Luiza, que faz aniversário no próximo domingo (25/6) conta que, para o filho não andar com dinheiro em espécie e acabar perdendo, ela e o pai, o médico Roberto Naziozeno, abriram uma conta no banco e fizeram um cartão para o menino utilizar na lanchonete.

Com o valor economizado, Robertinho comprou um par de brincos azuis, online, na Shoppe (aplicativos de compras estrangeiro). Segundo o adolescente, a mãe usa “muitos acessórios e ele acha lindo. Ao se deparar com o item, ele não teve dúvidas em comprar para a mãe, para demonstrar todo seu amor por ela.

Crédito: Arquivo Pessoal

“Eu fiquei muito emocionada. Achei bonitinho ele lembrar que é meu aniversário e ter a iniciativa de me dar um presente”, conta Ana Luiza, ao revelar que estranhou o fato do adolescente querer ir sozinho à recepção do prédio onde moram. “Ele queria fazer uma surpresa para mim. Eu fico com receio dele descer sozinho. Mas acabei deixando. Aí ele voltou com o presente”, relatou a mãe.

“para mim, foi a coisa mais linda da vida. Esse tipo de gesto não tem preço e eu estou em extase por ele pegar o dinheirinho do lanche dele para me dar um presente…”, relatou a genitora, emocionada.

Transtorno do Espectro Autista

O autismo é um transtorno no desenvolvimento do cérebro que afeta a capacidade de relacionamento com pessoas e o ambiente. A condição é caracterizada, dentre vários critérios, por comprometimento na comunicação e interação social, associado a padrões de comportamento restritivos e repetitivos.

Mesmo querendo se relacionar com outras pessoas e demonstrar seus sentimos, a pessoa autista pode ter dificuldade e/ou não saber como fazer isso. Não é tão natural como para pessoas fora do espectro, Por isso, o gesto de Robertinho emociona a mãe dele e todas as outras mães atípicas. Esta é uma demonstração de como cada obstáculo e desafio superado vale a pena, e do quanto a ciência tem contribuído para a qualidade de vida e social de pessoas autistas.

Crédito: Arquivo Pessoal

Recentes

Mãe investe R$ 600 mil em aplicativo de segurança após filha sofrer bullying

 Uma mulher australiana gastou cerca de R$ 600.000, para...

Projeto prevê BPC em dobro para pessoas com deficiência na ausência dos pais

O projeto prevê o aumento em dobro para pessoas...

Famílias de crianças com câncer celebram dia dos pais com jogo de futebol

A ideia do evento surgiu a partir da observação...

Casal viaja para dar à luz em praia mas é impedida de retornar para casa

A mãe grávida e o pai voaram mais de...

Newsletter

Veja também...

PMDF oferece equoterapia gratuitamente; Saiba como se inscrever

Vagas são distribuídas entre alunos de escolas públicas, dependentes...

Um pedido emocionado de desculpas: “Helena, perdoe o papai”

Em casa, temos uma regra: se a Helena (7...

Canção ‘Baby Shark’ arrecada mais de R$ 110 milhões no YouTube

A canção infantil é a mais assistida na história...

Senado aprova o Dia Nacional de Prevenção ao Afogamento Infantil

O objetivo é destacar a importância de prevenir o...

Parece a história de uma mãe, mas é a minha história

Casei-me com uma ex-aluna de faculdade. A mais brilhante...

Mãe investe R$ 600 mil em aplicativo de segurança após filha sofrer bullying

 Uma mulher australiana gastou cerca de R$ 600.000, para criar um aplicativo de segurança depois da filha sofrer bullying.  Aos 12 anos, Eva ganhou o...

Projeto prevê BPC em dobro para pessoas com deficiência na ausência dos pais

O projeto prevê o aumento em dobro para pessoas com deficiência em casos de pais ou responsáveis ausentes, falecidos ou desempregados  A Comissão de Defesa...

Famílias de crianças com câncer celebram dia dos pais com jogo de futebol

A ideia do evento surgiu a partir da observação da maior participação dos pais nos atendimentos, nas internações e nas consultas médicas O Dia dos...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui