Famílias de crianças com câncer celebram dia dos pais com jogo de futebol

A ideia do evento surgiu a partir da observação da maior participação dos pais nos atendimentos, nas internações e nas consultas médicas

O Dia dos Pais aconteceu de uma maneira diferente para as famílias assistidas pela Abrace. A instituição promoveu um divertido amistoso entre os pais e funcionários da instituição. O jogo de futebol aconteceu no última sexta-feira (11/8), com vitória “de lavada” dos patriarcas. 

A assistente social da Abrace, organização sem fins lucrativos que acolhe e presta apoio a famílias de crianças com câncer e hemopatias, Joyce Silva, afirma que o evento surgiu a partir da observação da maior participação dos pais nos atendimentos, nas internações e nas consultas médicas. 

“Essa participação é muito importante e especial para a família porque tira uma sobrecarga da mulher, que pode contar com a ajuda desse parceiro, de um companheiro. A criança também fica muito feliz quando o pai está participando da rotina do tratamento”, explica Joyce. 

Leia mais: Teste do Pezinho ajuda a identificar risco de AME na fase inicial da vida

Para o Clenildo Diniz, pai do Philipe Cristian, o momento de alegria trouxe leveza à rotina pesada do tratamento do filho, que acompanhou toda partida junto na torcida, ao lado da mãe. “Bom demais galera. Só agradecimento à Abrace por ter este trabalho tão abençoado”, destacou ele ao receber o troféu de artilheiro da competição.

No fim, os pais de crianças assistidas venceram a partida contra os pais funcionários da Abrace por 14×10, mas com certeza todos são vencedores, já que todos fazem toda diferença na luta contra o câncer infantojuvenil. 

A ação só foi possível graças à solidariedade, já que contou com o apoio de parceiros como o restaurante Abbracio, a camiseteria Estudio Z, o Clube dos Amigos no Guará, o Supermercado Veneza e o La Bamba Sorvetes.

Abrace

Em 1986, um grupo de pais, cujos filhos faziam tratamento de câncer no Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF), se uniu para ajudar outros pais de crianças que estavam passando pelas mesmas dificuldades. Assim nasceu a Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias (Abrace), com foco em ajudar as famílias que, além da doença, enfrentavam condições socioeconômicas que agravavam ainda mais esse momento tão delicado.

A instituição oferece subsídios necessários, como alojamentos na Casa de Apoio para crianças que não residem no DF e pequenas reformas na casa das que moram na cidade, mas vivem em condições precárias que colocam em risco a saúde do paciente.

A Abrace também fornece alimentação, medicamentos, transporte, passagens aéreas, assistência odontológica, cestas básicas, atendimentos assistenciais e psicológicos, palestras sobre a doença e apoio logístico domiciliar para os pacientes em cuidados paliativos.

Uma das principais conquistas da Abrace junto com a comunidade foi contribuir para que o índice de cura no Distrito Federal aumentasse de 50% para 70% e reduzir o índice de abandono do tratamento de 28% para zero.

Por meio de doações da sociedade e de empresas, a Abrace construiu o primeiro bloco Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB), que hoje integra a rede da Secretaria de Saúde do DF.

Recentes

Mãe investe R$ 600 mil em aplicativo de segurança após filha sofrer bullying

 Uma mulher australiana gastou cerca de R$ 600.000, para...

Projeto prevê BPC em dobro para pessoas com deficiência na ausência dos pais

O projeto prevê o aumento em dobro para pessoas...

Casal viaja para dar à luz em praia mas é impedida de retornar para casa

A mãe grávida e o pai voaram mais de...

Novo PAC: Governo Federal vai investir R$45 bilhões na Educação, Ciência e Tecnologia

Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) priorizará construção de...

Newsletter

Veja também...

PMDF oferece equoterapia gratuitamente; Saiba como se inscrever

Vagas são distribuídas entre alunos de escolas públicas, dependentes...

Um pedido emocionado de desculpas: “Helena, perdoe o papai”

Em casa, temos uma regra: se a Helena (7...

Canção ‘Baby Shark’ arrecada mais de R$ 110 milhões no YouTube

A canção infantil é a mais assistida na história...

Senado aprova o Dia Nacional de Prevenção ao Afogamento Infantil

O objetivo é destacar a importância de prevenir o...

Parece a história de uma mãe, mas é a minha história

Casei-me com uma ex-aluna de faculdade. A mais brilhante...

Mãe investe R$ 600 mil em aplicativo de segurança após filha sofrer bullying

 Uma mulher australiana gastou cerca de R$ 600.000, para criar um aplicativo de segurança depois da filha sofrer bullying.  Aos 12 anos, Eva ganhou o...

Projeto prevê BPC em dobro para pessoas com deficiência na ausência dos pais

O projeto prevê o aumento em dobro para pessoas com deficiência em casos de pais ou responsáveis ausentes, falecidos ou desempregados  A Comissão de Defesa...

Casal viaja para dar à luz em praia mas é impedida de retornar para casa

A mãe grávida e o pai voaram mais de 6 mil quilômetros até uma praia do Caribe para dar à luz, mas agora não...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui